Marcus Salles lança novo CD: Meu Lugar

Marcus Salles lança novo CD: Meu Lugar 




 Não é de hoje que o pastor Marcus Salles mostra que é uma voz relevante na cena da MCC! Desde sua colaboração com a “4 por 1” ele mostra a que veio e neste disco abre o leque de influências e já abre o disco com a faixa título Meu Lugar – o som do metrônomo nos primeiros segundos da faixa dão a base pras construções musicais que vem em seguida!

Uma faixa poderosa e precisa cantada com voz de gigante! O pastor Marcus mostra porque cativa a juventude no seu trabalho com a Igreja. Coloca na voz um sotaque atual, uma interpretação expressiva, sem exageros e antenada com tendências pop modernas.

O disco segue com a bela Aleluia onde já se ouve de maneira mais marcante o trio Maria, Talita e Jamba que assinam a maioria dos vocais de apoio do álbum. Coisa bonita demais de ouvir.

Jamba assina também a produção musical e muitos instrumentos do disco e pra quem achou que o Jamba era um “produtor de MPB” por causa do lindo trabalho no disco solo do Luiz Arcanjo se enganou! O vocabulário musical do Jamba é extenso e na verdade ele parece ser um produtor musical mais preocupado em fazer com que o artista cresça nas suas produções do que simplesmente impor seu estilo pessoal.

As faixas 3 e 4 são uma alegria pra quem gosta de violões e guitarras como eu! Belezas cheias de simplicidade e uma faixa com cara de Jam-session entre amigos. Muita vibe com o senhor Sérgio Cavalieri mostrando um pouco do que sabe fazer.

O “miolo” do álbum me lembrou muito o delicioso “Battle Studies” do John Mayer. Com um molho não menos delicioso de brasileridade e uso muito preciso de loops e efeitos na faixa Eu Me Rendo.


Os violões de Lindo e Não Vou Desistir pegaram este “claw-hammer of kind of guy”! De novo, coisa de quem sabe. Bluesy na raiz e ponto final! Perdoem o jargão blueseiro, mas quem conhece blues vai me entender, e quem não sabe do que eu estou falando dá uma “googladinha” pra descobrir mais sobre o universo do Blues! Vale a pena.

Parece que logo sai clipe da faixa Propósito – fique ligado! Há uma pequena nota no encarte sobre a situação da composição da canção. Por essas e outras, CD original é MUITO mais legal!

Um disco redondo como este não poderia acabar sem impressionar ainda mais: Deus Sorriu Pra Mim é uma grooveira deliciosa! Com uma mix precisa e com tudo na medida, além da participação especialíssima das meninas Maria e Talita e do produtor Jamba de uma maneira mais “ativa” numa vamp mais do que venenosa!

É coisa muito séria esta faixa. Todo mundo dá show! Sérgio Cavalieri mostra o que tem na manga e os vocais se dão mais liberdades lindas e novamente sem aqueles exageros despropositados de melismeiros de plantão. Não há “excercícios de malabarismos vocais” na faixa, mas há a demonstração de como riffs vocais e ad libs podem ornar uma faixa sem se tornar coisas enfadonhas. Aula!

Aparentemente despretensiosa e quase beirando o espontâneo, o disco acaba com Tu És A Canção e se você não tem boas caixas de som pra ouvir a faixa vai passar vontade de ouvir o resultado de uma mix e master muito delicadas. Ouvi um espectro harmônico inteiro, saudável e cálido nesta faixa, trazendo o cantor quase que pra dentro da sua sala. Tudo na medida!

Muito difícil criticar um disco assim tão criterioso. Fica quase parecendo favoritismo, mas garanto que não é! O disco se destaca mesmo. Quando você ouvir, concordará de bom grado.

Fonte: Jonas Paulo (@JonasPauloFS)
Ele é Cristão
Ele é Cristão

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário