Estrangeiros são sequestrados e mortos no Iêmen

Interativo Gospel 

Estrangeiros são sequestrados e mortos no Iêmen




Domingo, 12 de junho de 2011, marcou o aniversário de dois anos do sequestro de nove estrangeiros em Saada, norte do Iêmen, que culminou no assassinato de três deles, pouco depois. Dois foram libertos no dia 17 de maio de 2010.

Ainda não existem notícias sobre Johannes e Sabine (casal alemão), Simon (filho do casal, de aproximadamente três anos) ou de Tony (homem britânico). Lydia e Anna (5 e 6 anos, filhas de Johannes e Sabine) foram libertadas em maio de 2010, vivem com seus parentes na Alemanha, estão com boa saúde e crescendo normalmente.

Investigadores alemães e britânicos entenderam que deveriam parar com as buscas pelo casal. No entanto, algumas pessoas mais próximas da família e da situação continuam mantendo suas esperanças diante de Deus, crendo que os desaparecidos estão bem e vivos e que, um dia, serão libertados do cativeiro desses sequestradores.

Alguns mantêm a esperança de que os atuais eventos no Iêmen, embora preocupantes, possam dar mais informações sobre o paradeiro dessas pessoas desaparecidas.

Cristãos do Iêmen e outros que estão próximos dessas situações agradecem pelas orações e pedem que continuem intercedendo.

Pedidos de oração
• Pelos quatro desaparecidos (se estiverem vivos), para que tenham paz e sintam a presença de Jesus diariamente. Ore para que eles sejam libertos o mais rápido possível.
• Para que se consigam informações sobre a localização deles.
• Para que a família e os amigos das pessoas desaparecidas conheçam a paz do Senhor, mesmo em meio a especulações e incertezas.
• Para que Deus proteja todos os cristãos estrangeiros que trabalham no Iêmen.
• Para que os sequestradores possam ser tocados pelo Espírito Santo e atraídos para uma vida de amor, perdão e verdade, que Jesus oferece.

Fonte: MissãoPortasAbertas
Ele é Cristão
Ele é Cristão

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário